Um lago sem água e 100 barbatanas

Como é que um Lago não tem água mas tem 100 barbatanas?

Obra do Crocodilo Dilo, da Tartaruga Guga, do Hipopótamo Potamo e do Pinguim Guim.

Quatro animais especiais, que sabem pensar, falar e dançar e que se encontram por acaso num lago sem água.

Sozinhos no mundo, estes animais procuram uma família, um lar e amigos para viver em paz, como ouviram falar nas histórias que os avós contaram.

Porque se encontram no meio de muitas barbatanas, descobrem que não são iguais e aprendem a aceitar as diferenças de cada um;

Através da dança criam amizades. Como é que o crocodilo dança?, e o hipopótamo dá voltas até ficar tonto? Será que a tartaruga tira a casa das costas para uma boa dança romântica com o pinguim?

Para se conhecerem melhor, trocam conhecimentos sobre ambiente, segurança, vida saudável e boa alimentação.

Nesta viagem aprendem as palavras comunidade, partilha e solidariedade.

Espantados?!? Não!… Não se esqueçam, o Dilo, a Guga, o Pótamo e o Guim. são quatro animais, muito especiais…

Divertidos, trocam passos de dança, partilham músicas, ensinam princípios mágicos e criam surpresas únicas aos olhos dos mais novos.

Coreografia: Sofia Belchior

Composição musical: António Machado

Cenografia e desenho de luz: António Machado e Sofia Belchior

Figurinos: Sofia Belchior e Mariana Santos

Interpretação:

DançArte – Companhia residente no Teatro S. João, Palmela e Ária da Música

Beatriz Pereira, Lucinda Melo, Perrine Bache-Gabrielsen e Rita Cardoso